maquiagem

Maquiagem de bailarina: vem ver essas 6 dicas!

No palco, na hora de uma apresentação, cada detalhe conta: a iluminação, o figurino e, claro, a maquiagem, que deve ajudar na construção da sua personagem. Para entender a importância de uma make bem caprichada, é só se lembrar que, lá da plateia, muitas vezes, o público não vai conseguir enxergar com detalhes as suas expressões e, nessas horas, a maquiagem faz toda a diferença.

Uma bailarina precisa se apresentar com os olhos e boca bem marcados, criando a sensação de ser uma “boneca”, com traços femininos e expressivos. Preparamos seis dicas para você produzir um visual impecável para o palco e acertar em cheio na sua próxima maquiagem de bailarina.

1. Use produtos de qualidade

Essa é uma das questões mais importantes. Com toda a luz e movimentação durante a apresentação, é impossível não suar. Por isso, você vai precisar de uma maquiagem de qualidade, que não derreta nos primeiros minutos. Vale a pena investir em marcas consagradas, como MAC, Revlon e Lancôme. Os seus produtos vão durar muito mais e, com certeza, não vão te deixar na mão.

Outra dica importante: escolha produtos à prova d`água, que são bem mais resistentes.

2. Limpe e hidrate a pele

Para aumentar a fixação dos seus produtos, é superimportante, também, estar com a pele limpa e bem hidratada. Antes de começar a se maquiar, lave o rosto com um bom sabonete adstringente e seque bem.

Para o dia a dia, escolha um hidrante com protetor solar e não ande sem ele. Uma pele bem cuidada faz toda a diferença no resultado final.

3. Escolha um tom abaixo da sua pele

A maquiagem de palco é completamente influenciada pela iluminação do espaço — são muitas sombras e contra-luz todo o tempo e não podemos correr o risco de compor um look pesado ou carregado demais.

Além disso, é essencial estar com o rosto bem iluminado e claro. Por isso, uma boa dica é sempre usar a base e o pó um pouquinho mais claros que o tom da sua pele. Isso não funciona para o dia a dia (afinal, não dá para sair por aí parecendo superpálida ou fantasminha), mas, para as suas apresentações, é excelente e faz uma superdiferença!

4. Encontre o equilíbrio

Na hora de fazer a sua maquiagem de bailarina, o mais importante é encontrar a medida: não dá para ser discreta demais, mas também não pode ficar pesada e extravagante.

O segredo é o equilíbrio: fazer uma make que é um pouco mais impactante que aquela que você usa no seu dia a dia, gerando um resultado que vai encantar o público e trabalhar a seu favor durante a apresentação.

5. Use cores neutras para os olhos

Não é por acaso que sempre dizemos que os olhos são a janela da alma. Eles são essenciais para sua expressão e para a construção de personagens interessantes e apaixonantes em cima do palco. Por isso, essa parte da maquiagem é essencial.

Para não errar, aposte nas cores mais neutras: dourado e prata, marrom, chumbo e preto. Essas cores dão força ao olhar, de forma elegante e clássica — tudo a ver com o ballet, não é?

6. Faça uma finalização impecável

Para finalizar, duas questões essenciais, que dão o acabamento perfeito para qualquer make: cílios postiços e um belo batom vermelho. Os cílios postiços dão o toque final a um olhar superpoderoso e ficam deslumbrantes para o palco.

O batom vermelho tem o mesmo efeito: te ajuda a criar um visual bem feminino e elegante e dá um up em qualquer produção. É claro que a personagem que você for representar deve ser levada em conta. Se for uma camponesa, por exemplo, não vale exagerar no batom.

Agora é só arrasar! Capriche na produção, prepare as sapatilhas e esbanje confiança, talento e beleza em cima do palco — os aplausos te esperam!

Enquanto isso, conte para nós quais são os seus truques e suas dicas para uma make impecável.

Os 5 melhores cuidados de beleza para bailarinas

Leveza, suavidade, classe e elegância. Esses são alguns dos adjetivos que representam uma bailarina profissional. Sobre os palcos, elas encantam e emocionam a plateia com sua coreografia delicada, dando um show de equilíbrio sobre a ponta dos pés. Mas, para tudo sair conforme o esperado, existem vários cuidados de beleza que essas dançarinas precisam ter diariamente.

A rotina intensa de treinos deve prepará-la fisicamente para as apresentações. Apesar de os cabelos e a pele precisarem estar sempre impecáveis frente ao público, nos bastidores, a bailarina também deve ter seus rituais e cuidar da saúde. Todos esses cuidados vão garantir uma performance respeitável e uma bela aparência! Confira nossas dicas:

1. Cabelos

O coque é uma tradição no ballet clássico, e isso não é à toa. Ter de ajeitar os fios de cabelo caindo no rosto durante as apresentações tira um pouco do glamour e ainda atrapalha a execução dos movimentos, como giros e saltos.

Portanto, o penteado mais usado pelas bailarinas é funcional e prático. Utilize-o também nos treinos, pois ele permite que você visualize melhor sua postura durante a dança.

Para manter os cabelos bonitos, não abra mão das hidratações e use produtos específicos para o seu tipo de cabelo, seja ele liso, cacheado ou crespo.

2. Pele

A pele da bailarina deve ser sempre bem-cuidada, livre de manchas e com aspecto saudável. A hidratação diária é fundamental para manter o aspecto sedoso que vai se destacar sobre os palcos.

O filtro solar também deve ser usado diariamente para proteger a pele contra manchas, rugas e doenças de pele. Lave sempre o rosto antes de dormir e jamais durma de maquiagem. Outro cuidado de beleza é fazer uma esfoliação periódica, que vai retirar as células mortas.

3. Maquiagem

Por falar em maquiagem, ela deve estar presente sempre nas apresentações. Um bom rímel à prova d’água e um delineador de qualidade vão marcar bastante o olhar, deixando a dança ainda mais bela.

Nos treinos, você não precisa usar base, por exemplo, pois a probabilidade de ela borrar com o suor é grande.

4. Pés

Eles são os pilares das apresentações e por isso merecem muita atenção das bailarinas. Após as aulas, tome um banho massageando os pés na água morna e em seguida use um bom creme hidratante. Se os pés estiverem doloridos, o que é muito comum, descanse-os em uma bacia de água morna com sal grosso. Os cremes de mentol também podem ajudar a aliviar as dores.

Mantenha as unhas sempre curtas no formato que for mais indicado para seu pé, evitando assim as unhas encravadas. Para reduzir as bolhas e calos, hidrate bastante os pés e não tente furá-los quando surgirem. No dia a dia, é melhor evitar sapatos desconfortáveis. Para os treinos, uma sapatilha de qualidade é imprescindível.

5. Alimentação

Beber muita água e ter uma dieta balanceada — rica em verduras, frutas e legumes e pobre em alimentos gordurosos — é fundamental para todo o corpo da bailarina. As vitaminas e nutrientes são importantes para deixar até mesmo cabelos, unhas e pele mais saudáveis.

Organize seu tempo para encaixar esses rituais simples na sua rotina diária. Seguindo todos esses cuidados de beleza, as bailarinas estarão sempre prontas para brilhar na ponta dos pés, seja nos treinos, seja nos palcos.

Curtiu as dicas? Conte-nos quais são seus rituais de beleza como bailarina!