Como ser bailarina profissional? 4 dicas que vão te ajudar a conseguir!

Não é raro que o gosto pelo ballet se inicie quando ainda somos crianças. Por incentivo dos pais, muitos pequenos e pequenas iniciam as aulas de dança ainda bem novinhos e, em alguns casos, na escola mesmo. À medida que crescemos, é possível que o interesse cresça e floresça o desejo de se tornar uma bailarina profissional, o que passa a ser o sonho de muitas dançarinas. No entanto, como em várias outras, a carreira apresenta alguns desafios, que devem ser superados para que o sucesso seja alcançado.

Continue a leitura para conferir nossas 4 dicas para ajudar você a entender como ser bailarina profissional!

1. Tenha prazer pela dança

Quando algo é feito por obrigação, comumente nos sentimos desmotivados e acabamos nos afastando daquela tarefa ou atividade. Por isso, dificilmente alguém se torna uma boa bailarina profissional dessa forma. Precisamos lembrar de que a decisão de se profissionalizar nessa dança envolve um processo de análise subjetiva e, feita a escolha, é preciso se empenhar para isso.

Quando fazemos algo por prazer, a tendência é que aquilo seja muito mais bem feito, certo? Pois, o mesmo vale para a dança. Então, dedique-se e coloque amor naquilo que faz para colher bons frutos!

2. Busque o físico adequado

Para ser uma bailarina profissional, é muito importante ter um bom condicionamento físico e estar com a saúde em dia. No entanto, diferentemente do que algumas pessoas pensam, não basta ser magro para se tornar um bom bailarino. Mais que um padrão estético, o físico adequado proporciona melhor execução dos movimentos corporais exigidos pelo ballet. Também, é fundamental ter flexibilidade e ritmo e, caso não os tenha, busque desenvolvê-los por meio de alongamentos e ensaios.

3. Escolha uma boa escola

Uma boa formação em ballet é fundamental para quem deseja se tornar uma bailarina profissional. Escolher uma boa escola, com professores experientes é uma ótima maneira de ir em busca desse sonho.

Lembra de que mencionamos sobre o fato de a entrada no mundo do ballet comumente acontecer desde que somos crianças? Então, a escolha de uma boa escola deve ocorrer desde lá atrás. Para além do preço, é importante procurar saber há quanto tempo a instituição existe, qual é a estrutura oferecida e pedir, inclusive, para assistir a uma aula.

4. Dedique-se aos ensaios

Para se tornar uma bailarina profissional, é preciso foco e determinação. Assim como os atletas necessitam treinar para aprimorar o desempenho das atividades, bailarinas precisam se dedicar intensamente aos ensaios para absorverem novos aprendizados e realizarem os passos com exatidão.

Então, dedique-se. Estabelecer uma meta diária de ensaios pode ser um bom começo nesse sentido. Além disso, esses são bons momentos para identificar pontos de melhoria e trocar informações e experiências com colegas e professores.

Como pudemos perceber, para entender como ser bailarina profissional é preciso, primeiramente, certeza da decisão. Tendo isso, busque aplicar as dicas dadas para se aproximar cada vez mais desse sonho. Lembre-se sempre de buscar a evolução e o aprendizado para ser uma profissional completa e admirada nos palcos.

Certamente você conhece mais pessoas que gostariam de se tornar bailarinas profissionais, certo? Então, não deixe de compartilhar este post nas redes sociais para encorajá-las a ir em busca da profissionalização no ballet!