Grand Battement

252206-grand-battement-descubra-mais-sobre-esse-passo-1

Grand battement: descubra mais sobre esse passo!

Fazer ballet clássico é um desafio que vai além de trabalhar apenas o corpo, é uma atividade física que exercita a mente e a aumenta a autoestima.

As aulas são divididas em etapas, como barra, centro e diagonal. Durante a aula, nosso corpo é desafiado o tempo todo a superar os nossos limites e ganhar a desejada consciência corporal e a leveza na dança.

Dentre vários exercícios feitos, temos o grand battement, que em português significa grande batida, e o objetivo deste texto é apresentar mais informações sobre este passo fundamental no ballet.

Confira!

O que é grand battement?

O grand battement (grande batida) é um movimento bastante treinado no ballet clássico e consiste no ato de lançar a perna o mais alto que conseguir. Este passo é feito na barra, no centro e na diagonal.

O objetivo é trabalhar força, alongamento e controle da perna e do corpo todo. Para realizar o movimento com perfeição, alguns pontos são fundamentais para a execução perfeita do passo.

Primeiramente, é importante fazer um aquecimento intenso no corpo todo. Alongar a musculatura da perna, fazer exercícios para aquecer o abdômen e, antes de começar a treinar o grand battement, fazer alguns passos na barra para aquecer os pés, joelhos e coxas.

Como realizá-lo?

Algumas dicas são fundamentais para a realização de um grand battement com perfeição. E antes de falar como fazer, é importante focar no que não é permitido.

Para começar, o controle do quadril e do tronco é essencial para a realização do movimento certo. Se você for iniciante do ballet, não foque em já começar a lançar a perna muito alto.

Toda conquista exige tempo e prática. Inicialmente, lance a perna na altura do quadril focando em controlar todo o corpo. Afinal, fazer o movimento expansivo, mas errado, acaba ficando feio e tirando a leveza e beleza do ballet.

Outro ponto que precisa ser observado é no alongamento da perna, do joelho e do pé. Mantê-los esticado ao máximo é fundamental para o passo ficar certo e evitar lesões. Além disso, o passo pode ser feito com a perna de base em pliê e esticada.

Em resumo:

  • não jogue o quadril para frente e nem para trás;
  • controle o tronco para que ele não faça movimentos durante a execução do passo;
  • mantenha os pés e os joelhos sempre esticados;
  • contrair o abdômen;
  • não ter pressa.

Quais as direções para realizar o grand battement?

A grande batida é feita em 3 direções: frente (devant), lado (a la second) e atrás (derriére).

Grand battement devant

Aqui a perna é lançada na frente do corpo. Você vai realizar um chute até a altura do quadril (90º) ou mais, desde que o movimento seja feito com perfeição.

Grand bettement a la second

Após o movimento ser feito na frente, é o momento de realizá-lo de lado. É fundamental manter o corpo alinhado. Provavelmente é neste momento que sua perna irá subir mais alto, pois a abertura do quadril favorece neste momento. Mas cuidado com o desalinhamento do quadril.

Grand battement derriére

Neste momento, o movimento é feito para trás. O equilíbrio do corpo é importante para que não seja lançado o corpo para frente e, também, o joelho e o pé não fiquem relaxados. Aqui é fundamental não lançar as costas nem para frente nem para trás.

Vale ressaltar que fazer aula de ballet clássico não é apenas aprender um tanto de passos aleatórios e executá-los até não aguentar mais. É preciso entender como funciona cada passo para evitar lesões que impeçam de dançar mais.

Além disso, é fundamental iniciar com um bom aquecimento para não ocasionar lesões, pois o corpo não estará preparado para a realização do passo.

Por esta razão, siga cada dica sobre como executar um grand battement com perfeição e que esses ensinamentos sirvam para todos os outros passos.

Gostou dessas dicas? Quer aprender mais detalhes sobre algum passo? Ficou alguma dúvida? Deixe um comentário no post e compartilhe sua opinião.

7 passos de balé para iniciantes

Se você já assistiu a alguma apresentação de balé, já deve saber o poder que essa dança tem de encantar e provocar suspiros por toda a plateia. Por isso, bailarinos precisam ser muito dedicados e disciplinados para desfilara capacidade de deslizar por um palco (ou salão) com passos graciosos, que são um verdadeiro fascínio para os olhos.

Está ansioso para experimentar alguns passos de balé? A seguir, iremos mostrar quais são os 9 passos principais para iniciantes e explicar como praticá-los. O melhor de tudo é que, além de aprender esses bonitos movimentos para dançar, o balé funciona também como um excelente exercício para o corpo e para a mente. Pronto? Vamos lá!

Plié

Dizem que a qualidade de um bailarino é determinada pelo seu Plié. Realmente, esse é um dos movimentos mais importantes do balé. Feito na barra, ele consiste na flexão de um ou dos dois joelhos, podendo ser mais (Grand Plié) ou menos (Demi Plié) acentuada. Serve para deixar os músculos mais flexíveis e os tendões mais maleáveis.

Tendu

Com uma das pernas esticada lateralmente (atrás ou à frente do corpo), afasta-se a perna no sentido desejado, arrastando, ao mesmo tempo, o respectivo pé. Primeiramente, eleva-se o calcanhar, depois a planta do (mantendo a ponta do membro inferior apoiada no chão).

Jeté

Jeté significa atirado, lançado. Nesse passo, o bailarino joga a perna energicamente (bem esticada) em determinada direção, levantando, ao mesmo tempo, o outro pé e apoiando o corpo ora numa perna, ora noutra. Este passo lembra o Tendu, mas com os pés elevados e de maneira mais acelerada.

 

Rond de jambe

Significado: rodar a perna. Esse movimento pode ser tanto no chão quanto no ar (à terre ou en l’air). Quando no chão, a perna precisa desenhar um semicírculo ou a letra D no solo. Pode ser feito de trás para frente ou vice-versa. Quando no ar, a perna vai para fora e faz um círculo, em que a coxa passa a impressão de não sair do lugar.

Fondu

O Fondu é a flexão da perna de base, enquanto a outra recolhe-se de maneira sincronizada. Ele é similar a um Plié, mas é feito em uma única perna.

Frappé

Transparecendo uma ideia de batida ou golpe, no Frappé, o pé repousa suavemente sobre o tornozelo do pé de apoio, para, na sequência, esticar-se a perna num golpe. É possível ser realizado para frente, para trás ou para lateral.

 

Grand Battement

Movimento da perna e do pé sob a forma de uma batida. Atira-se a perna como no Jeté, mas elevando-a a um nível mais alto. Com o tronco e as pernas alinhados e bem esticados, afasta-se a perna de trabalho da de base, com um movimento vigoroso, para a frente e para o alto. Pode ser feito em qualquer direção. É necessário muito cuidado para não despencar nesse passo.

Agora que você conhece os principais passos de balé, está animado para colocá-los em prática? Pode ser um pouco complicado no início, mas garantimos: vale muito a pena! Deixe seu comentário e nos conte sobre a sua experiência.