equilibrio

251700-melhore-sua-performance-com-exercicios-para-equilibrio

Melhore sua performance com exercícios para equilíbrio

O equilíbrio é a capacidade de manter o centro de gravidade do corpo, minimizando as oscilações na postura. No entanto, manter-se equilibrado não é uma questão de ficar parado de forma rígida. A estabilidade pode ser encontrada mudando continuamente as poses do corpo, para fazer ajustes sutis.

A dança exige essas mudanças rápidas de posicionamento, principalmente na execução de saltos e giros. Como os olhos não estão fixados em um único ponto nessas horas, é necessário um bom equilíbrio para fazer movimentos precisos, sem riscos de lesões.

É por esses e outros motivos que uma pequena parte dos seus ensaios e treinos devem ser dedicados aos exercícios para equilíbrio. Neste post, você vai conhecer alguns deles e aprender a melhorar sua performance!

Apoio em um pé

Comece a desenvolver sua consciência corporal com esse exercício básico: posicione os pés juntos enquanto apoia um dos braços na barra ou parede. Em seguida, eleve uma das pernas lentamente, “desenrolando” o pé. Apontando o joelho para o lado, forme um ângulo de 90 graus com a perna elevada.

Mantenha a posição por 15 segundos com os olhos abertos e depois, fechados. Troque os pés e realize quatro repetições em cada lado.

Equilíbrio aeroplano

De pé, com o alinhamento postural neutro, apoie um dos pés no chão. A outra perna é elevada em paralelo, como é feito em um arabesque. Alongue a coluna vertebral e mantenha o dorso plano, na horizontal, enquanto estende os braços para os lados.

Mantenha o equilíbrio por 10 a 30 segundos. Para isso, utilize o controle abdominal e distribua o peso entre toda a sola do pé e calcanhar. Se necessário, flexione um pouco o joelho que estiver esticado no chão em um leve demi-plié. Descanse e repita o exercício 3 vezes de cada lado.

Prancha lateral

Comece sustentando o corpo com base nos antebraços e nas pontas dos pés, em posição de prancha. Depois, transfira todo o peso do corpo para um lado só, posicionando um pé por cima do outro e estendendo o braço que estiver livre. Sustente todo o peso corporal no antebraço que ficou no chão e concentre-se nos músculos abdominais, que devem promover sua sustentação.

Depois de manter essa posição por 5 a 10 segundos, role sob seu corpo para o lado oposto, trocando o braço que está no chão e o que está no ar. Faça 12 repetições desses exercícios para equilíbrio.

Relevé com bola

Posicione-se de frente para a barra ou o encosto de uma cadeira com os membros inferiores paralelos, enquanto segura uma pequena bola de ginástica ou de pilates entre os tornozelos. Alinhe a tíbia com o segundo dedo do pé.

Depois, comece a se posicionar nas pontas dos pés em relevé, pressionando gentilmente a bola. Mantenha-se estável nessa posição por 2 a 4 segundos antes de retornar lentamente a posição inicial. Repita a ação por, pelo menos, 15 vezes.

Procure incorporar todos esses exercícios para equilíbrio em sua rotina e respire de forma confortável enquanto os executa, focando nos músculos que promovem a sustentação do seu corpo. Os resultados, certamente, serão recompensadores para o seu desempenho nas aulas e sua performance no palco.

Se você gostou das informações deste post, não deixe de assinar a newsletter em nosso site para ficar sempre por dentro de todas as notícias do mundo da dança!

Dança e pilates: entenda os benefícios dessa combinação!

Quem procura por alguma atividade física certamente também busca por sentir-se melhor consigo mesmo, equilibrando corpo e mente. Para sair da rotina e variar os exercícios, é sempre importante combinar mais de uma modalidade que, além de deixar você mais animada por alternar as atividades, ajuda a trabalhar o maior número de músculos do corpo com movimentos diferentes.

Nesse caso, misturar dança e pilates, por exemplo, pode ser uma excelente forma de perder alguns quilos e ainda se divertir com exercícios de fortalecimento.

Atualmente, existem aulas que já mesclam as duas modalidades em uma só sessão, queimando muitas calorias e combinando técnicas de movimento e expressão corporal com exercícios do pilates.

No post de hoje, você verá alguns benefícios que a combinação dessas duas atividades pode trazer para você e ter muitos motivos para começar a se exercitar agora mesmo. Acompanhe!

A combinação entre dança e pilates ajuda a emagrecer

Na aula de Horton Technique, técnica criada em Nova Iorque já disponível no Brasil, é possível queimar até 950 calorias em apenas uma hora. A atividade consiste em unir os princípios da dança e do pilates, trazendo uma sequência de exercícios que trabalham o equilíbrio, a força e também o alongamento, melhorando sua flexibilidade.

Nenhum acessório é utilizado durante a aula. Os exercícios são feitos usando somente o peso do próprio corpo, ativando os músculos e trabalhando a maior parte deles, tornado-se, assim, um exercício completo que ajuda muito na perda de peso com qualidade, já que as calorias são gastas ao mesmo tempo em que a força é trabalhada.

Portanto, o emagrecimento acontece minimizando as chances de deixar aquela flacidez indesejada.

Promove o equilíbrio e a concentração

Quem já pratica a dança sabe que o equilíbrio e a concentração são dois dos principais pontos para conseguir acertar alguns passos e ser preciso nos movimentos mais complexos. O pilates, nesse ponto, pode ajudar muito a conquistar essas virtudes.

O praticante de pilates tem como premissa o foco no movimento. Como as posições exigem equilíbrio, ter concentração total no que se está fazendo é primordial e isso só acontece com a prática. Aos poucos, cada exercício vai exigindo mais e mais concentração e equilíbrio, o que pode ajudar muito na dança e também na vida, já que corpo equilibrado influencia diretamente em uma mente saudável.

Trabalha os músculos

Como você já viu acima, a dança e o pilates são exercícios que se complementam e podem ser muito interessantes para quem deseja dar uma boa esculpida no corpo. No método Xtend Barre são combinados passos de ballet clássico com princípios do pilates.

A aula encanta os apaixonados pela leveza, sincronia e sequência de passos do ballet aliada às técnicas de respiração, concentração e força que o pilates exige. Trabalhando de forma dinâmica, o Xtend Barre trabalha principalmente os glúteos, abdômen e braços, fortalecendo esses músculos e ainda eliminando entre 400 e 500kcal por hora.

A combinação de dança e pilates pode ser uma ótima opção para quem deseja aliar a atividade aeróbica da dança, que traz prazer e leveza com seus movimentos, à força e ao equilíbrio que o pilates propõe.

Dessa forma, os exercícios ajudam você a perder os quilinhos indesejados e ainda trabalha o fortalecimento da musculatura, importante para prevenir doenças futuras nos ossos e fugir da flacidez. Que tal experimentar?

E então, você já fez alguma modalidade que mescla a dança e pilates? Conte como foi sua experiência, deixando o seu comentário!